Magyar Vizsla – Only Dogs
Siga-nos nas redes sociais
Magyar Vizsla

Magyar Vizsla

Vizsla, Braco Húngaro, Indicador Húngaro, , Pointer Húngaro, Braque Hongrois à Poil Dur, Drahtaariger Ungarischer Vorstehhund, Vizsla Rauhhaar, Braco Húngaro de pelo corto, Braque Hongrois a Poil Court, Drotzörü Magyar Vizsla, Hungarian Short-haired Pointer, Kurzhaariger Ungarischer Vorstehund, Rövidszöru Magyar Vizsla

VaUghan Rey d´Celis

Criador: Sergio D. Alonso de Celis –  Marcela Rey

Propietario: Sergio D. Alonso de Celis –  Marcela Rey

Es un Perro de caza, cobrador de aves, de muestra y habil cazador de conejos, liebres, etc. Demuestra resistencia y gusto al trabajo

 

magyar vizla

  • Origem: Hungría
  • Altura: 58 cm
  • :
  • Tamanho: Porte Médio
  • Temperamento: Hiperativo
  • Pelagem: Curta
  • Manutenção Pelagem: Baixa
  • Grupos FCI: 7: Exposição
  • Esperança de vida: 12 anos

Também chamado de Braco húngaro, ou simplesmente Vizsla, é um cão que fez destaque na caça há anos. Felizmente hoje em dia é um cão que se destaca em todos os tipos de atividades e exercícios. Seu olfato aguçado e seu grande amor pela água fazem deste cão um excelente companheiro para pessoas dinâmicas e ativas

Existem dois tipos de cães Magyar Vizsla, que diferem pela sua pelagem. Um de pêlo curto e outros de pêlo duros e ásperos.

CORES PERMITIDAS

História:

O Magyar Vizsla foi levado para a Hungria desde a Ásia aproximadamente entre os anos 896 e 900, quando as pessoas começaram a povoar a região. Vem junto com as outras raças hoje conhecidas como húngaras, todas raças de trabalho (as raças Kuvasz e Komondor como guardas de campo e rebanhos e as raças Puli e Pumi para pastorear o gado bovino, ovelhas e cavalos).

Por um lado, e ao mesmo tempo na Europa Ocidental, especialmente na Inglaterra e na Espanha, os caçadores se dedicaram a criar exemplares “especialistas” em cada atividade específica, alcançando excelentes expoentes para cada tipo de caça. Esta forma de criação foi favorecida pelo grande poder econômico daqueles que naquela época começavam a praticar a caça e também pelo grande espaço em fazendas e campos.

Na Europa Central, desde os tempos medievais, os senhores húngaros utilizaram o vizsla como cão de busca e marca na caça com falcões. Mais tarde, e após a descoberta da pólvora, os caçadores (agora armados com espingardas) se dedicaram a desenvolver e aperfeiçoar o instinto de marcação, juntamente com as outras virtudes da raça. Foi assim que o trabalho sobre a água, a coleta e a entrega das peças também foram aperfeiçoados. Foi usado tanto para caça menor quanto para caça maior.

Características:

Altura fêmea: 53~61 cm / Altura macho: 56~64 cm

Peso fêmea: 18~25 kg / Peso macho: 20~29 kg

O Vizsla é um cão robusto e de dorso curto. Possui uma pelagem, forte, densa e sem brilho. Tem a cabeça musculosa e um focinho quadrado que se estreita gradualmente. Suas orelhas são finas, sedosas, longas e seus olhos são ovais e castanhos.

A cauda, inserida baixa, é grossa na base e costuma atingir à altura do jarrete. Nos países onde é permitido, pode-se cortar um quarto de seu comprimento. Sua pelagem é curta, lisa, grossa, áspera e de cor trigueiro dourado.

Temperamento:

O Vizsla é inteligente, fiel, carinhoso e equilibrado. É muito enérgico e gosta muito de correr e brincar com seus donos. Se dá bem com as crianças, desde que elas o tratem com respeito. É um cão dócil, obediente e fácil de treinar.

Manutenção:

Embora o Vizsla seja um cachorro de aspecto atlético, é recomendado mantê-lo dentro de casa com a família, uma vez que ele é um cão muito sensível e não gosta de estar separado de seus familiares. Deve fazer exercícios com frequência, dado que quando se aborrece, pode tornar-se um pouco destrutivo.

Saúde:

O Vizsla não possui tendência a doenças específicas, os problemas que o afetam são os comuns de muitas raças: alergias, criptorquidismo, monorquidismo e demais desordens.

Referências: 

Você pode baixar o padrão FCI (International Cinological Federation) no seguinte link: http://www.fci.be/Magyar-Vizsla.pdf

  • RaulBlas on Magyar VizslaDavid: no vendemos cachorros, pero trabajamos con criaderos responsables que recomendamos. Evidentemente has tenido una mala experiencia que lamentamos mucho....
  • David Power on Magyar Vizsla23 de noviembre de 2018 Buenos días Mi pareja, Paula Tilley, y yo estamos buscando cachorros machos y hembras. Estamos...
  • jardelmirodantasdesouza@gmail.com on Magyar Vizslajardel miro dantas de souza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Avaliações

  1. David Power

    23 de noviembre de 2018 Buenos días Mi pareja, Paula Tilley, y yo estamos buscando cachorros machos y hembras. Estamos interesados ​​en Pelo corto húngaro vizsla Puntero Weimaraner Ya tenemos tres perros pequeños. Paula también ha tenido 4 laboratorios en los últimos años. Dividimos nuestro tiempo entre Pedreguer, Alicante, España y el Reino Unido. Compramos un cachorro vizsla de un llamado criador reputable (www.valledoslobos.com) en España en junio de 2018. Lamentablemente nuestro cachorro murió del Virus Parvo el 13 de octubre de 2018 y también descubrimos que el criador nos vendió un cachorro que tenía diabetes. Insípido. Estamos llevando al criador a la corte por fraude. Trabajamos desde casa para que nuestros perros estén con nosotros todo el tiempo. Tenemos una maravillosa pareja española que nos entrenará / cachorros. También viven y se sientan cuando tenemos que viajar. Tendríamos que vacunar a los cachorros contra la rabia a las 15 semanas y luego esperar 21 días más antes de que pudiéramos recolectar y conducir con nosotros de regreso a España. ¿Tienes una camada planeada? ¿Tienes algún cachorro ahora? ¿Buscaremos adoptar también? A ti Saludos cordiales David y paula

    davidpower62@me.com

    • RaulBlas

      David: no vendemos cachorros, pero trabajamos con criaderos responsables que recomendamos. Evidentemente has tenido una mala experiencia que lamentamos mucho. Un criadero responsable es el que se preocupa por producir cachorros sanos genéticamente. Es decir, libres de problemas congénitos producto de la endogamia. También consideramos que tengan una conducta noble con las madres.
      Muchas gracias por tu aporte, saludos para ti y para Paula, envíanos fotos de tus perritos.

  2. jardelmirodantasdesouza@gmail.com

    jardel miro dantas de souza

Adicionar uma avaliação

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.